Baixe Um Destes Guias de Presente:

(emagrecimento)

(aumento de massa)

1-Reveja os medicamentos que está usando
Um dos efeitos colaterais de muitos medicamentos é o inchaço, então, converse com o seu médico para tentar substituir remédios à base de corticoides, anticoncepcionais, anti-inflamatórios ou medicamentos com muito sódio. Caso seja impossível mudar ou parar com o uso do medicamento, é indicado que o médico prescreva algum diurético natural, por exemplo.

2- Sistema circulatório
Alguns problemas de saúde como pressão alta, doenças cardíacas, doenças renais, insuficiência venosa crônica, hipotireoidismo, etc., fazem com que o sangue não circule de forma adequada causando inchaço. Então, caso você tenha algum desses problemas, deve manter seus tratamentos médicos em dia e acrescentar hábitos em sua rotina que irão ajudar muito, como por exemplo: reduzir consumo de sódio, aumentar consumo de água, fazer drenagem linfática semanalmente, utilizar meias compressoras, deitar com as pernas para cima, etc.


3- Exclua açúcar e farinha branca

Açúcar e farinha branca disparam a produção de insulina, facilitando acúmulo de gordura corporal e acúmulo de água não funcional, então, devem ser excluídos da alimentação.

4- Aumente o consumo de líquidos
Parece contraditório, mas quem toma menos água durante o dia fica mais inchado. O ideal é aumentar muito o seu consumo de água mineral, chás naturais e água com limão – tudo isso estimulará o funcionamento dos rins e eliminação de toxinas e água sem utilidade ao corpo. Mínimo de 2 litros para mulheres e 3 litros para homens. Evite o consumo de sucos artificiais, refrigerantes, chás artificiais ou outras bebidas muito industrializadas.

5- Fique longe de industrializados
Quanto mais artificial for sua alimentação, mais inchado (a) você será! Corantes, conservantes, aromatizantes, adoçantes, aditivos, etc. são substâncias químicas que seu corpo começa a acumular resultando em um metabolismo sobrecarregado de coisas para dar conta… então, nada melhor do que priorizar o que a natureza lhe dá! Evite tudo o que for embalado e prefira tudo o que é natural e que estraga mais fácil.

6- Aumente o consumo de frutas, legumes e verduras
Os vegetais são muito ricos em água, então, só de consumir 5 porções de vegetais ao dia (um pratinho pequeno é uma porção), você irá melhorar sua hidratação de forma geral. Observe sua urina: se estiver branquinha, você está bem hidratado, mas se estiver muito amarela e com cheiro forte, você precisa de mais água.

7- Pratique exercícios diariamente
Independente da modalidade, o importante é fazer pelo menos 30 minutos de um exercício moderado-intenso ao dia – isso irá melhorar seu sistema circulatório e auxiliar na eliminação de toxinas do corpo através do suor.

8- Não fique muito tempo na mesma posição
Evite ficar muito tempo em pé ou sentado – movimente-se o máximo que puder durante o período de estudo ou trabalho.


9- Consuma suplementos naturais

Suplementos contendo cálcio, magnésio, vitamina C, cavalinha, dente de leão, hibisco, uva ursi, cranberry, abacateiro, chá verde, etc. ajudam a eliminar a retenção, pois são diuréticos naturais.