Algumas dicas a seguir irão ajudá-lo a definir sua musculatura, com a eliminação de gordura corporal:

  • Para eliminar gordura de forma rápida, adote uma dieta LOW CARB – HIGH FAT, ou seja, baixa em carboidratos e alta em gorduras. O objetivo é eliminar todas as fontes de açúcar, farinha e produtos refinados e compensar a energia que seu corpo precisa por gorduras como óleo de coco, coco ralado natural, azeite, azeitonas, abacate, ovos, salmão, oleaginosas, pasta de amendoim, etc.

 

  • Reduza a ingestão de gorduras industrializadas ruins (trans). As calorias vindas das gorduras industrializadas são as que irão se depositar na forma de gorduras corporais mais facilmente, afinal, elas gastam pouca energia para serem metabolizadas, ou seja, o metabolismo não trabalha muito intensamente para digeri-las e absorvê-las. Exclua bolachas (até mesmo as integrais), sorvetes, margarina, congelados, bolos prontos, pães, salgadinhos, etc.

 

  • Preserve músculos com proteínas. Para perder gorduras e preservar sua massa muscular, consuma proteínas em quantidade adequada. Se você seguir uma dieta extremamente baixa em calorias, a chance de não atingir as proteínas necessárias é grande, então, as proteínas não serão usadas para regenerar os tecidos e sim para produzir energia, o que não é correto. Então, mantenha sua ingestão de proteínas alta (de acordo com seu peso e nível de atividade física);

 

  • Não tire totalmente os carboidratos da dieta, achando que eles o farão engordar. Os carboidratos de baixo índice glicêmico não causam isso e são importantes na queima das gorduras e fornecimento de energia para intensificar os exercícios. Consuma: batata doce, quinua, aveia, feijão, etc.

 

  • Corte os alimentos e bebidas com açúcar, afinal, o açúcar é um carboidrato de alto índice glicêmico, facilmente acumulado como gordura corporal principalmente se for acompanhado por excesso de gorduras como sorvete, biscoitos, bolos, cremes, pães, etc. Utilize adoçantes naturais;

 

  • Acorde e faça uma refeição completa e saudável, pois assim, seu nível de fome e compulsão será menor ao longo do dia. Ótimas opções são: ovos, óleo de coco, água de coco, frutas, whey protein, aveia, etc.

 

  • Não deixe os finais de semana virarem uma “farra alimentar”, senão, todo o esforço feito durante a semana será jogado fora. O ideal é manter a mesma dieta regrada de segunda a segunda, pois assim, o resultado virá rapidamente.

 

REFERÊNCIAS:

KLEINER, Susan M.; GREENWOOD-ROBINSON, Maggie. Nutrição para o treinamento de força. São Paulo. Editora Manole, 2002.

BIESEK, Simone; GUERRA, Isabela, ALVES, Letícia Azen. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. Editora Manole, 2005.

MAUGHAN, Ronald J.; BURKE, Louise M. Nutrição esportiva. Editora Artmed, 2004.

PALESTRA GRATUITAS • EMAGRECIMENTO E HIPERTROFIA•
x